Ainda não tem votos

Turismo no Caribe passa pelo pior período na história

Alec Sanguinetti, diretor-geral da Associação de Hotéis e Turismo do Caribe (CHTA), afirmou recentemente na 12a edição da Conferência sobre Turismo Sustentável, nas Bermudas, que o turismo no Caribe passa pelo pior momento da história devido à crise global e financeira, e também por causa de políticas fiscais inadequadas.

Para ele, o setor é vítima das políticas fiscais uma vez que os governos aumentaram as taxas dos apartamentos hoteleiros, dos bilhetes aéreos e agora alguns analisam aplicar essas políticas nos demais serviços turísticos.

Sanguinetti apontou que até agora, neste ano, os lucros da hotelaria diminuíram de 15 a 20% em relação ao mesmo período de 2006 e que, ainda que número de hóspedes tenha aumentado 3 pontos em comparação com 2009, os números atuais mostram a profunda crise do setor.

Para ele, os países caribenhos devem continuar protestando contra o gravame aos bilhetes aéreos (ADP) imposto pelo Reino Unido, independentemente de que Londres tenha decidido adiar a aplicação da taxa pelo menos um ano.

Já há navios de cruzeiros - para os quais os passageiros dependem da parte aérea - que estão sendo reposicionados na Europa e Ásia, por falta de demanda para o Caribe, disse o executivo.

O ADP é hoje 8 vezes superior à média europeia. Em novembro de 2010, os passageiros que viajavam ao Caribe deviam pagar cerca de 77 dólares, enquanto hoje pagam 115 na classe econômica e 291 na primeira classe.

Publicar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não será mostrado publicamente.
CAPTCHA
A pergunta é para sabermos se você é um ser humano, e evitar o envio de spams
Image CAPTCHA
Digite os caracteres que aparecem na imagem.