Procurar

Turismo de Portugal aposta por Internet

28-12-2017

Turismo de Portugal aposta por Internet

Turismo de Portugal tem lançado a plataforma on-line portuguesetrails.com, com o objetivo de posicionar o país como um destino internacional neste género de experiências turísticas.

O Algarve é a região piloto do projeto Portuguese Trails, dispondo na plataforma portuguesetrails.com mais de 140 percursos para bicicleta e passeios a pé, 111 empresas designadas como ‘bike & walk friendly’ e para perto de 60 programas dirigidos aos turistas nacionais e internacionais.

Em breve, a plataforma integrará as regiões do Centro de Portugal e Alentejo e, em 2018, as demais regiões do país. A plataforma está disponível em cinco idiomas e é uma das ações do projeto Portuguese Trails, que o Turismo de Portugal está a desenvolver em associação com as sete regiões turísticas do país e com as comunidades intermunicipais, associações e empresas turísticas, numa atuação concertada entre entidades públicas e privadas.

A plataforma está disponível em cinco idiomas e é uma das ações do projeto Portuguese Trails, que o Turismo de Portugal está desenvolvendo em associação com as sete regiões turísticas do país e com as comunidades associações e empresas de turismo, em uma ação entre entidades públicas e privadas.

A presença dos destinos regionais e das empresas portuguesas em feiras internacionais, a organização de visitas educacionais e de jornalistas e ações de promoção nas redes sociais, são outras ferramentas da comunicação internacional do Portuguese Trails, para promover a oferta do destino Portugal, para atividades de bicicleta e a pé, ao longo de todo o ano.

O projeto visa atrair novos segmentos de procura que registam um potencial de crescimento sustentável e fomentar o aumento de dormidas e receitas em todas as regiões, atuando ao nível da valorização do território, estruturação de produto, promoção e comercialização.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, considera que ‘o Portuguese Trails é um projeto emblemático por seu foco na qualificação dos destinos regionais, na captação de novos mercados e na promoção dos serviços das empresas’.

Para Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, esta ‘é uma forma de dar visibilidade ao trabalho continuado que está a ser desenvolvido no território, no sentido de estruturar oferta turística que crê atrativos em todo o território e ao longo do ano’.

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información
Aceptar