Procurar

Escolas de Samba suspendem desfile de 2018 no Rio

16-06-2017

Escolas de Samba suspendem desfile de 2018 no Rio

As escolas de samba do Grupo Especial da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) divulgaram uma nota no Facebook. No documento, elas comunicaram a decisão de que não haverá desfiles das escolas do grupo especial do Rio de Janeiro no carnaval de 2018. A medida foi tomada por conta da decisão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, de cortar pela metade os recursos da subvenção destinados às escolas de samba. Crivella não quer repassar os R$ 24 milhões que a prefeitura deu às escolas de samba para o carnaval 2017 e prometeu apenas a metade disso para 2018, alegando que os outros R$ 12 milhões seriam investidos na merenda escolar das crianças do ensino público.

O prefeito iniciou uma guerra declarada contra o carnaval do Rio desde que ignorou a festa em fevereiro passado, mesmo depois dos acidentes na Marquês de Sapucaí. Agora, decidiu cortar pela metade os gastos da prefeitura com as escolas, que acham que com R$ 12 milhões a menos o carnaval perderia a qualidade.

A presidente da Abav-RJ, Cristina Fritsch, foi uma das primeiras a protestar contra a decisão da prefeitura. “Como se não bastasse o prefeito não ter comparecido à entrega das chaves da cidade para o Rei Momo neste carnaval, um insulto para a toda população, já que é uma cerimônia tradicional e não se trata de gostar ou não de carnaval, agora decide cortar em 50% a verba destinada às escolas de samba, que são as grandes responsáveis pelo carnaval. Fica a dúvida se a motivação é por convicções religiosas ou se ele desconhece a receita que este evento gera para a cidade”, ressaltou Cristina Fritsch.

Fonte: www.jornaldeturismo.tur.br

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información
Aceptar