Procurar

easyJet celebrou o Dia do Livro com iniciativa inédita

22-04-2009

A easyJet comemorou o Dia Internacional do Livro (23 de abril) surpreendendo os seus passageiros com a presença de Luís de Camões e Miguel de Cervantes em dois dos seus voos. Durante o voo Lisboa-Madrid, "Camões" leu alguns dos melhores versos dos Lusíadas a bordo, enquanto de Madrid para Lisboa foi "Cervantes" quem leu um excerto (em castelhano) da sua mítica obra, D. Quixote de la Mancha, deleitando uma original e atenta plateia.

O ator Pedro Silva, caracterizado de Camões, rumo a Madri, e de Cervantes no regresso a Lisboa leu e interpretou excertos das obras destes célebres autores, comemorando assim o Dia do Livro a 30.000 pés de altitude. "Nunca tinha tido oportunidade de fazer teatro a bordo de um avião, e adorei a experiência. É importante dar a conhecer obras de autores tão grandes como Camões ou Cervantes, e assim desta forma descontraída, quem nunca leu os Lusíadas ou D. Quixote ficará de certeza com o apetite aguçado", adiantou o ator.

Beatriz Fernández, diretora de Marketing da easyJet para Portugal e Espanha afirma, "Voar não tem de ser uma mera viagem e por isso, pensando na celebração do Dia do Livro, quisemos aproveitar e surpreender os nossos passageiros com um voo diferente e divertido."

A rota Lisboa-Madri não foi escolhida aleatoriamente: Entre 1542 e 1545, Camões viveu em Lisboa, trocando os estudos pelo ambiente da corte de D. João III, onde conquistou fama de poeta e feitio altivo. Madrid por seu lado é a cidade onde nasceu o famoso escritor espanhol e Lisboa a cidade em que viveu por volta de 1581 trabalhando na corte de Filipe II.

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información
Aceptar