Procurar

Airbnb anuncia um ranking com os destinos mais hospitaleiros do Brasil

02-10-2017

Airbnb anuncia um ranking com os destinos mais hospitaleiros do Brasil

O Airbnb, a maior plataforma de compartilhamento de lares do mundo, anuncia hoje um ranking com os destinos mais hospitaleiros do Brasil. Para chegar na lista das 10 cidades que melhor recebem no país, a plataforma avaliou as classificações cinco estrelas creditadas por seus usuários aos anfitriões nos últimos 12 meses. O TOP 3 é liderado por São João Del Rei em Minas Gerais, Penha em Santa Catarina e Teresópolis no Rio de Janeiro.

Confira a lista dos 10 destinos mais hospitaleiros do Brasil:

1 – São João Del Rei, MG

2 – Penha, SC

3 – Teresópolis, RJ

4 – Bento Gonçalves, RS

5 – Piumhi, MG

6 – Florianópolis, SC

7 – Resende, RJ

8 – Vitória, ES

9 – São José dos Campos, SP

10 – Caxias do Sul, RS

Parte do circuito de cidades históricas, São João del Rei é o destino mais hospitaleiro do Brasil. De acordo com a superhost Eliane Agostini Monteiro, que recebe hóspedes em duas suítes disponíveis em sua casa, a charmosa cidade não atrai turistas apenas por aliar um colorido lindo, arquitetura, artistas e gastronomia. “São João del Rei é aconchegante e o mineiro, especial. Somos hospitaleiros e alegres. Isso é uma coisa particular e natural do nosso povo e contagia a todos que nos visitam” explica ela. Além de conhecer as atrações do centro histórico com as lembranças do Brasil Colônia como casarios, igrejas e museus, Eliane sugere também que o viajante desbrave as cidades vizinhas “Estamos rodeados de destinos riquíssimos como Tiradentes, com seu festival gastronômico, Carrancas, com belas cachoeiras, Bichinho e seu artesanato, Resende da Costa e a arte têxtil entre outras” enumera.

Além do carisma e do dedinho de prosa tão característicos dos mineiros, os anfitriões de São João del Rei ainda são extremamente cuidadosos. Para a superhost Alzirah Agostini Haddadt, a Zhi, que já recebeu mais de 200 pessoas desde que se cadastrou na plataforma em 2014, o segredo é se colocar no lugar do outro. “Eu recebo meus hóspedes como gostaria de ser tratada. Também tento sempre escutar o que eles dizem e me aperfeiçoar, pois são coisas simples que fazem a diferença, como um ambiente limpo, um livro interessante, uma cartinha com dicas do que fazer no destino… Já viajei para outros países e recebi essa atenção, por isso queria fazer a mesma coisa por outras pessoas na minha cidade” ressalta.

O crescimento de São João del Rei no Airbnb só mostra que os brasileiros concordam com o ranking. A cidade registrou um aumento de 145% nas chegadas de hóspedes no último ano e de 124% no número de anúncios na plataforma no mesmo período.

Um dos destinos mais procurados pelas famílias brasileiras figura em segundo lugar da lista das mais hospitaleiras. Localizada no litoral norte de Santa Catarina, Penha é bastante conhecida pela proximidade com o maior parque temático da América Latina, que faz muito sucesso com crianças de todas as idades. Além disso, conta com 19 belas praias e uma gastronomia típica com base nos frutos do mar bastante abundantes na região.

Fábio Luiz Silveira Corrêa é superhost em Penha e diz que os viajantes, geralmente, visitam a cidade com foco principal no parque e não se atentam às praias da região, algumas até com beleza/natureza quase intocada. Seus apartamentos e casas fazem sucesso entre os viajantes, que indicam uns aos outros, graças à receptividade que ele e sua família proporcionam. O segredo, segundo ele, é fazer com que os viajantes se sintam em casa antes mesmo de chegar à cidade. “Antes da viagem criamos grupos em aplicativos de mensagens para facilitar a comunicação com os visitantes. Nele passamos as informações indispensáveis bem como dicas sobre locais, restaurantes e pontos turísticos que devem ser visitados. Quando eles chegam, são recebidos com uma cesta de boas vindas com alguns mimos, como chocolates, sucos e guloseimas, o mimo os faz sentirem em casa.”, revela o anfitrião.

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información
Aceptar